Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Super Coach do Cocó

O karma de (con)viver com Doenças Inflamatórias do Intestino.

Super Coach do Cocó

O karma de (con)viver com Doenças Inflamatórias do Intestino.

20.Abr.22

Como conViver com o diagnóstico?

Episódio 39.png

 

Agora que descobriste que a tua saúde levou uma traulitada daquelas que te deixou a ver estrelinhas, é tempo de compreender as fases que se seguem ao momento em que recebes a notícia.

Sim, são as mesmas fases que percorremos no luto... isto porque a tua vida sem DII morreu, não existe mais. O teu eu, saudável e livre de doenças ficou lá atrás... no segundo antes de o médico abrir a boca e te dar o diagnóstico. E isto é um choque, porque é para a vida! Não é uma gripezinha que, daqui a uns dias, passa e volta tudo ao que era dantes.

Mas atenção! Lá porque recebeste a pior notícia que podias esperar, não quer dizer que a tua vida acabe, que deixes de poder fazer o que gostas, com quem gostas.

Daí ser tão importante perceber quais as fases porque vais passar (ou já passaste), o que esperar de cada uma delas, e o que (não) fazer em cada um delas.

Porque se sabemos que uma DII não tem cura, também sabemos que é perfeitamente possível ter uma vida plena e feliz, mesmo que a correr constantemente para a casa de banho!

 

E parte de viver com a doença é saber como a manter sob controlo, por exemplo, usando o Diário do Cocó! Com ele podes registar os alimentos que mais agradam ao teu intestino, e aqueles que nem cheirá-los!

Podes comprar aqui a versão em papel, e aqui a versão digital!

Gostaste do que ouviste e queres apoiar este projeto? Podes fazê-lo oferecendo-me um rolinho de papel higiénico!!

Podes aprender um pouco mais lendo o meu livro, ou então visitando o site da associação Crohn Colite Portugal.

Acompanha-me também no Instagram!

 

Disclaimer: Não sou médica nem tenho formação na área de saúde! Por isso, nada do que aqui ouvires poderá substituir o conselho de um especialista!

O conhecimento partilhado é fruto do meu gosto por ciência e saúde, e pelo desejo de saber mais e mais, aprendendo com quem sabe mais do que eu!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.