Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Super Coach do Cocó

O karma de (con)viver com Doenças Inflamatórias do Intestino.

Super Coach do Cocó

O karma de (con)viver com Doenças Inflamatórias do Intestino.

09.Fev.22

Na cama com... uma DII!

Vera Gomes
    Se uma Doença Inflamatória do Intestino nos obriga muitas vezes a ser ladies na mesa, por que não saber como podemos também ser loucos na cama? Por isso, vamos lá falar de Karaté alentejano, funaná pelado, mambo na horizontal, que lá porque temos uma doença não significa que morremos para as coisas boas da vida!! Hoje a Super Coach do Cocó incorpora também a sabedoria das áreas adjacentes ao intestino e explica como podes tornar a tua experiência sexual, seja qual for (...)
26.Jan.22

Vamos levar a DII aos copos?

Vera Gomes
  "Emborcar ou não emborcar, eis a questão!" ... Provavelmente esta seria uma das dúvidas de Hamlet caso tivesse uma DII! A não ser que abomines álcool e vivas que nem um eremita numa caverna sem qualquer vida social é que acredito que nunca te viste numa situação em que tens à tua frente uma bebida alcoólica e te apetece dar um golinho, mas tens receio que as tuas entranhas não achem piada à brincadeira. Se, por outro lado, és amigo da pingarolice, é provável que já (...)
12.Jan.22

Afinal, qual é a melhor dieta para quem tem DII?

Vera Gomes
  Nada numa Doença Inflamatória do Intestino é como na roupa... em que há o tamanho único, ou one size fits all. Nada disso... Cada corpo é único, tendo manifestações diferentes da doença e reagindo de forma distinta quer à medicação, quer à alimentação. Por isso, é irreal achar que uma dieta que está na internet ou que é seguida por milhares de pessoas vai ser a adequada ao teu caso particular. Sim... sei que estás disposto a fazer de tudo para conseguires conviver (...)
29.Dez.21

Um lembrete muito importante

Vera Gomes
  Esta semana, a Super Coach do Cocó incorpora Gustavo Santos. Brincadeiras à parte, acredito que no meio da lufa lufa da luta contra a tua Doença Inflamatória do Intestino, te esqueças do mais importante... que és TU, e te esqueças de te valorizar e de te auto congratular por tudo o que ultrapassaste, sobreviveste, alcançaste e conquistaste! Sim, eu sei que o mais fácil é cair no pessimismo, na autocomiseração, no "coitadinho de mim". Mas ser mais fácil não significa que (...)
15.Dez.21

Guia de sobrevivência às festas

Vera Gomes
  É Dezembro... mês de frio e de mantas quentes (para os que me ouvem no hemisfério norte) mês de praia e água de coco para os sortudos que estão agora no hemisfério sul! Está aí à porta a época, por excelência, das reuniões familiares, das prendas e dos abraços, mas também do teste à nossa capacidade de resistência aos doces e sobremesas de Natal, aos petiscos feitos pelas mães ou avós, a que só uma força de vontade hercúlea (e uma tripa desafinada) consegue resistir. (...)
01.Dez.21

E a porra da fadiga?

Vera Gomes
  Provavelmente já desconfiaram da tua doença porque pareces saudável... Provavelmente já falaram de ti porque andas sempre cansado/a, ou com sono... A fadiga é mais um daqueles sintomas das DII que, apesar de aparentemente pouco importante, pode ter um efeito bastante significativo (e negativo) na tua qualidade de vida, na tua produtividade laboral, e até na tua vida social. A parte má é que muitos dos portadores de DII sofrem de fadiga e esta pode dar ar da sua graça quando (...)
17.Nov.21

Como está a tua saúde dentária?

Vera Gomes
  Hoje é dia de falar de cremalheiras, dentuças, ou como quem diz, os nossos queridos dentinhos, aos quais muitas vezes só damos atenção quando eles nos começam a falhar (quando na realidade nós é que lhes falhámos!!) Certo é que, em adultos, há tanta coisa a requisitar a nossa atenção que muitas vezes a nossa saúde oral fica para segundo plano! A não ser que haja uma daquelas dores de dentes que não te deixa dormir ou um mau hálito daqueles que acordam os mortos, uma (...)
10.Nov.21

Afinal o que é remissão?

Vera Gomes
  Se quisermos ser mais papistas que o papa, definir remissão é muito simples! Basta pegar num daqueles calhamaços, vulgo dicionário, e veremos que, na medicina, significa "diminuição momentânea dos sintomas de uma doença". E não está errado! Mas para quem tem DII, entrar ou estar em remissão significa muito mais que isso pois há vários tipos de remissão. E uma remissão daquelas que se diz à boca cheia quer-se um nadinha mais completa do que apenas uma diminuição de sintomas! (...)
03.Nov.21

Como está a tua saúde mental?

Vera Gomes
  Mens sana in corpore sano... ou como quem diz, isto do intestino estar ligado ao cérebro não é apenas uma piada... é a realidade, senhores (e senhoras que a doença é muito democrática)! Durante décadas a saúde mental foi varrida para debaixo do tapete e vista como algo que se aplicava apenas aos fracos de espírito. A realidade é que stress, ansiedade e depressão podem afetar qualquer um de nós, mas não são inevitáveis! Se fizeres a tua parte e cuidares do teu corpo, já (...)
27.Out.21

Quais as complicações de uma DII?

Vera Gomes
Terminamos Outubro com manifestações! E não me refiro às das associações sindicais, nem às manifestações de presenças sobrenaturais, nem sequer às manifestações mentais que te levam a obter o sucesso. Sou coach, mas não tanto!! Falo, portanto, das diversas formas como a Doença Inflamatória do Intestino se pode fazer sentir. Sim, porque a marota é uma exibicionista, e gosta de se mostrar de várias maneiras, sejam elas manifestações intestinais ou extra-intestinais! Por (...)